Entendendo o tráfego orgânico do Google

/, Marketing Digital/Entendendo o tráfego orgânico do Google

Pessoas lendo seu conteúdo, acompanhando suas postagens, novos seguidores, compartilhamentos e acessos constantes, todas esses são pontos principais quando você tem um site oferecendo um produto ou um serviço.

Estar presente nas primeiras posições do Google é um objetivo crucial nas ações de Marketing para o seu negócio, mas você sabe como isso funciona?

Vamos entender o Tráfego Orgânico no Google

Tráfego orgânico é uma forma de adquirir visitantes através de técnicas como o SEO (Search Engine Optimization), que vem a ser, hoje, um dos conceito mais importantes na estratégia de Marketing Digital para você e sua empresa saber como elaborar um conteúdo de Marketing que cumpra os requisitos dos principais buscadores pesquisas, neste post vamos falar do Google, mas existem outros como Bing que vem crescendo a cada dia.

Mas o que são esses requisitos? O Google criou várias técnicas para você possa aprimorar o seu conteúdo e deixá-lo “encontrável”, gerando a possibilidade de empresas se posicionarem e conquistarem os primeiros lugares no ranking de buscas, mas vamos entender primeiro, os tipos de buscas no Google.

 

Além de anúncios no Google Ads, temos os resultados orgânicos.

Certamente você já viu um desse nos seus resultados de pesquisa. Esses anúncios são feitos pela Plataforma Google Ads, basicamente funciona como um sistema de leilão, você coloca as palavras chaves da sua empresa e é cobrado a cada clique, se quiser entender melhor como funciona os anúncios pagos, clique aqui.

Certamente você já viu um desse nos seus resultados de pesquisa. Esses anúncios são feitos pela Plataforma Google Ads, basicamente funciona como um sistema de leilão, você coloca as palavras chaves da sua empresa e é cobrado a cada clique, se quiser entender melhor como funciona os anúncios pagos, clique aqui.

Nos resultados orgânicos você não tem custo para aparecer, mas você precisa ter um conteúdo ou um site extremamente relevante para que o Google possa classificar se o seu site é adequado para a pessoa que está pesquisando.

Essa classificação é feita de acordo com o algoritmo do Google, ele relaciona e exibe os sites que são mais relevantes e compatíveis com a busca.

Vamos entender um pouco esse algoritmo?

O Algoritmo do Google

Hoje há uma variedade incansável de fontes de pesquisa para você deixar o seu site bem ranqueado e indexado.

O termo “indexado” se refere à base de dados que o Google possui e é nessa base que ele pesquisa se o seu site existe e se está qualificado para mostrar para os usuários da internet.

Essa pesquisa na base de dados do Google é feita por um algoritmo ( um robozinho) que analisa diversos pontos chaves do seu conteúdo, como o título, subtítulo, imagens, uma prévia do seu conteúdo, analisa a relevância dos sites que indicam seu link ( Entenda sobre Backlink aqui), além de analisar o engajamento social que são os likes e o compartilhamento do seu conteúdo.

Esse “robozinho” chama-se Googlebot, que, através de um mecanismo acessa sem parar todos os links que estão visíveis.

Mas, como ele encontra seu conteúdo ?

Como já falamos, as fontes de como deixar seu conteúdo adequado para o Google são diversas, mas o Google não divulga a formula secreta para isso. Não existe um passo a passo, mas ele disponibiliza um Guia para SEO.

A nossa recomendação é que você vá direto na fonte e aprenda direto com o Google. Há 7 anos atrás foi lançado Guia Oficial de SEO e a última alteração foi em Janeiro de 2018.

Esse guia é focado para quem está iniciando e quer dominar o universo de ranqueamento.

Nele contém um Glossário para que você possa se familiarizar com os termos técnicos, como por exemplo, Googlebot que é um rastreador do Google. ‘’O Googlebot rastreia a Web constantemente.’’

A introdução do Guia é direta: Você está no Google? Com essa pergunta ele começa a introdução de como colocar seu site no Google e como você pode começar a posicioná-lo nas primeiras posições, e se você precisa contratar um especialista em SEO lá estara todos os requisitos que esse profissional precisa ter.

Dicas Fundamentais

Crie títulos únicos e originais para o seu site ou blog.

Pense em como o seu cliente pesquisa sobre o seu produto ou serviço e imagine que aquela palavra precisa conter em seu site.  Faça um exercício agora e faça uma pesquisa no Google com uma palavra chave e veja em qual posição a sua empresa aparece.

Capriche na Descrição

A descrição do seu site dá ao Google e aos seus clientes uma breve descrição do que a sua empresa ou o seu site oferece e lembre-se , todas as páginas de seus produtos e serviços precisam ter uma descrição, pois ajudará o Google a criar os Snippets, veja abaixo um modelo de Snippets.

Atente-se às URL

Se você não está familiarizado com esse termo, URL é uma sigla que em português quer dizer “ Localizador padrão de Recursos” ou em termos populares, um endereço virtual.

Um URL pode conter um site, ou um blog, ou arquivos ou pastas.

Vamos pensar na URL como um endereço, se você deixar claro para a pessoa que vai te visitar, ela achará mais fácil o seu endereço. Na internet é a mesma coisa, por isso, opte em colocar nomes fáceis na sua URL, por exemplo:

www.otimizei.com.br/treinamentos-marketing

Evite : www.otimizei.com.br/15784045

O termos para essa boa prática é URL Amigáveis, fazendo isso, você ajudará os seus clientes e o Google a achar o seu conteúdo. Tudo que você puder fazer para facilitar a leitura do “robozinho” do Google vai ajudar o seu ranqueamento.

Utilize as ferramentas do Google

O Google não dá o caminho do pote de ouro, mas ele oferece muitas ferramentas para que você possa compreender o algoritmo e alcançar as primeiras posições. A ferramenta do Google para Webmaster, ajuda você a ter informações úteis para o seu site, como por exemplo, páginas do seu site que tiverem problemas de rastreamento com o Googlebot, como você pode remover links indesejados do seu site que você não quer que apareça no Google e também se seus títulos e suas descrições estão de acordo com as diretrizes. Explore muito!

Nossa última dica e não menos importante, aproveite as ferramentas de análises de Google. Quando você já tiver seu site indexado e melhorado o rastreamento, faça a instalação da ferramenta gratuita de análise do Google e sabia como os seus clientes estão chegando ao seu website ou blog.

Com ela você vai poder entender: Como os seus visitantes chegam ao seu site, se foi por meio das Redes Sociais, ( Facebook, Instagram, Youtube etc) ou se foi por um e-mail off line, por exemplo, ele entrou por meio de um cartão de visita.

Você ainda poderá medir qual é o conteúdo mais acessado do seu website, e investir em mais temas semelhantes ou talvez colocar uma chamada neste conteúdo para a pessoa conhecer mais sobre a sua empresa ou seus serviços.

E principalmente, com essa ferramenta de análise, você poderá medir se o seu tráfego orgânico vem melhorando.

Disponibilizamos um material completo sobre Análise de Tráfego e outros tipos de análise do Google. Para acessar, basta clicar aqui. Você verá um universo de possibilidades para você alcançar os visitantes certo da sua página.

Se você tiver dúvidas ou precisa de ajuda com o posicionamento do seu site no Google, não deixe de enviar uma mensagem, bora bater um papo!

Ah ! O Link do Guia de SEO Oficial do Google é :

Boa Leitura.

Fundadora da OTIMIZEI, cursou Analise e Desenvolvimento de Sistemas pela Universidade Cidade de São Paulo. Apaixonada por tecnologia é Consultora de Marketing Digital, com expertise em Desenvolvimento Web, é responsável por inspirar e gerir novos negócios para comunidade Google Business Group Florianópolis.

No comments yet.

Leave a comment

Your email address will not be published.